12 hábitos que destroem as finanças de brasileiros no Japão

Olá! Na lista abaixo tem 12 (maus) hábitos identificados por este estudioso das finanças e observador de hábitos financeiros da comunidade brasileira no Japão.

Identificar é o primeiro passo para você mudar e corrigir a sua rota em busca de uma vida financeira vitoriosa.

1. Ter gastos iguais ou maiores do que a renda, se alavancando no cartão de crédito para ir empurrando o gasto excedente para o mês seguinte.

2. Ter o hábito de colecionar dívidas e não conseguir viver sem estar na “ciranda das prestações”, isto é, termina uma série de prestações, logo entra em outra. O consumismo pode ser uma maneira viciante de aplacar frustrações. Identifique isso e busque soluções de verdade para fortalecer o seu emocional.

3. Ficar fascinado pela facilidade de consumir: facilidade para obter cartões de crédito e parcelar compras; acha que é status ter uma coletânea de cartões de crédito. Use o cartão com sabedoria, que ele seja seu aliado, não um vilão para suas finanças!

4. Querer igualar-se aos japoneses, primeiro, pelo nível de consumo, e não, antes, pelo aumento de renda

5. Ser relaxado e não se informar sobre descontos de cartão de fidelidade, benefícios e isenções fiscais; muitos só se preocupam com isso em tempos de crise.

6. Ter a mentalidade de que “guardar dinheiro só adianta se for grande quantia, ou, o salário do cônjuge”, e assim acaba não guardando, tampouco investindo, absolutamente nada.

7. Acomodar-se a renda do trabalho apenas, e essa renda ser fruto de trabalho ligado a setor bastante vulnerável a crises, como os setores automotivo e eletrônico.

8. Ser um jogador frenético de Pachinko, Takarakuji etc.; nesses casos, a probabilidade joga contra você. 

9. Achar que Forex é investimento, quando muito é uma renda ativa, de atividade elaborativa; e achar também que esquemas de pirâmides financeiras são investimentos, quando, na realidade, são golpes.

10. A “traição financeira”, quando um do casal, que é menos afeito ao controle financeiro, arruma artimanhas para gastar e esconder esses gastos do outro, que apesar de ser mais afeito ao controle financeiro, não tem Inteligência financeira suficiente para detectar as artimanhas. Essa “traição financeira” também pode ser por parte de parente no Brasil que você contou para cuidar de recursos financeiros enviados para lá, ou confiou o patrimônio aos seus cuidados, e este parente te subtraiu partes ou a totalidade dos seus recursos.

11. Preferir, sistematicamente, conteúdos fúteis nas redes sociais a conteúdos que, de fato, podem agregar valor, inclusive financeiro, como bons livros, podcasts, documentários, lives e filmes sobre finanças, investimentos, empreendedorismo, desenvolvimento pessoal, e treinamentos sobre esses assuntos.

12. Não se atentar para pequenos gastos cotidianos, que parecem ser inofensivos, e depois ficar reclamando que não tem dinheiro para nada.

[EXTRA] 13. Passar a imagem de uma vida no Japão, além da realidade, para parentes e amigos no Brasil, e estes, vendo a sua “boa situação” aqui, te pedirem dinheiro emprestado e você acabar se colocando em uma situação de ter que emprestar (ou dar), SE COMPLICANDO financeiramente, apenas para sustentar a “imagem de sucesso” que você criou e quis transmitir a eles.

ATENÇÃO: Se você está cansado de não ter um desenvolvimento financeiro satisfatório, venha aprender a dar sentido às suas finanças e endireitar a sua vida financeira no Japão, clique no botão abaixo:

Grande abraço

Marcelo

Marcelo

Fundador do site e página Investidor no Japão e criador do Curso Investindo em J-REITs & ETFs - sobre Fundos Imobiliários no Japão, com mais de 600 alunos; formado em Pedagogia, com Educação Continuada em Contabilidade Financeira e Análise de Viabilidade de Projetos, pela FGV; pós-graduando no MBA em Investimentos e Private Banking, pela Ibmec; Investidor nos mercados de capitais brasileiro e japonês, com experiência em análise de Demonstrações Contábeis de empresas listadas em bolsa de valores, valuation e questões tributárias.
Marcelo

Marcelo

Fundador do site e página Investidor no Japão e criador do Curso Investindo em J-REITs & ETFs - sobre Fundos Imobiliários no Japão, com mais de 600 alunos; formado em Pedagogia, com Educação Continuada em Contabilidade Financeira e Análise de Viabilidade de Projetos, pela FGV; pós-graduando no MBA em Investimentos e Private Banking, pela Ibmec; Investidor nos mercados de capitais brasileiro e japonês, com experiência em análise de Demonstrações Contábeis de empresas listadas em bolsa de valores, valuation e questões tributárias.

Deixe Seu Comentário

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Procedimentos
para a Consultoria

  • Previamente peço os 4 principais temas a serem abordados na consultoria, para melhor atendimento e otimização do tempo.
  • Em posse das informações para análise, nós agendaremos a consulta para o melhor dia e horário de acordo com a disponibilidade de ambas as partes.
  • A consulta será feita via plataforma Zoom, com câmeras abertas.

60 min de Consultoria: ¥10.000

Ao concluir este formulário, vamos avaliar sua inscrição e responderemos pelo WhatsApp.

Calculadora de Financiamento

Simulador de financiamento

Saiba quanto será a prestação a ser paga mensalmente nesta calculadora de financiamento