Renda Variável X Renda Fixa

Neste artigo eu reproduzo uma fala muito elucidativa, e importante, do mega investidor brasileiro Luiz Barsi numa entrevista a um canal do Youtube. Vou deixar o link da entrevista completa no final, mas o trecho que destaco está aqui transcrito e editado (subtraído os vícios da linguagem oral), e também faço algumas inserções, em vermelho, explicando alguns pontos para melhor entendimento da fala do Barsi.

Com a palavra, Luiz Barsi Filho, o maior investidor pessoa física na Bolsa de São Paulo:

“Eu costumo dizer o seguinte: a minha renda fixa são as ações. Se você for fazer uma análise muito profunda, no Brasil não existe renda fixa. No Brasil existe perda fixa. Eu vivo falando isso pois as pessoas como eu não tem o hábito de acompanhar estatisticamente o poder de compra da moeda. Então eu todo início do ano faço uma relação, tenho uma relação que modifico de vez em quando para saber o quanto meu poder de compra é reduzido.

Então, via de regra, quando os economistas dizem que é 4%-6% a inflação, nunca é menos de 10%, às vezes chega a 20%, esse ano em 2016 na verdade superou 20%, mas os economistas nunca vão falar nisso, entende? Eu falo em função do poder de compra. Então, se você possui um poder de compra que ao longo dos tempos se desvaloriza 20% ao ano, e você compra um título que lhe paga 8 ou 9%, você não ganhou dinheiro, você perdeu. Então você tem uma perda fixa, eu analiso isso. Então eu prefiro em vez de comprar essa suposta renda fixa, comprar ações.

[Barsi se refere, no parágrafo acima, à sua própria inflação. Embora os órgãos dos governos estabeleçam a taxa de inflação baseada na variação de preço de uma cesta de produtos e serviços, cada família tem sua taxa de inflação, visto que o consumo das famílias são diferentes. Por exemplo, se num determinado período o preço dos combustíveis exercer maior pressão no índice inflacionário, a taxa de inflação de uma família que gasta muito com combustível será maior do que a de uma família que não gasta tanto com combustível, embora a alta no preço deste produto possa impactar o preço de outros, para ambas as famílias. E há famílias que consumirão produtos mais impactados pela alta dos combustíveis do que outras. Por isso, apesar de existir uma taxa de inflação oficial governamental, cada família tem a sua, e na maior parte das vezes é superior às taxas oficiais. E isto vale para qualquer país, até para o Japão, cuja taxa de inflação no acumulado dos últimos 12 meses está em 1,20% – no momento em que escrevo este texto.]

O negócio é simples, mas as pessoas complicam demais as coisas, pois as pessoas, no meu interpretar, e a experiência que consegui acumular com muitos elementos que aqui estiveram, eu percebo que eles contemplam mais a fantasia do que o real, o óbvio. O óbvio é uma coisa neste país que é muito difícil de ser observada.

O brasileiro, ele hoje é detentor de um temor de comprar ações produzido por quem? Pelas instituições financeiras, as instituições financeiras instauram essa sensação de medo em você. E nós tivemos um governo que até foi contraditório na época, nós tínhamos um movimento de convencimento para o indivíduo aplicar na poupança que saía em todas televisões, rádios, jornais, e lá aparecia o seguinte, um cidadão com um cartãozinho na mão, de gravata, lhe chamando para a poupança.

[Barsi não tem esse temor de comprar ações. Geralmente, as pessoas ficam muito preocupadas com cotação, oscilação, se vai cair, se vai subir. Mas o foco do Barsi sempre foi investir para formar uma carteira previdenciária. E nesta filosofia, o ganho dele, no longo prazo, não vem necessariamente pela variação positiva de preço, mas pela capacidade das empresas que ele tem em carteira gerarem lucro e esse lucro ser revertido em bons dividendos. Nessa “estratégia dos dividendos“, o investidor reinveste os dividendos comprando mais ações de boas pagadoras de dividendos e, desse modo, segue produzindo crescimento patrimonial. Então, mais importante do que analisar tendência de preço, quem investe nessa filosofia se concentra em analisar a “saúde financeira” da empresa da qual pretende comprar ações, seu histórico de lucro, indicadores e outros aspectos. Ou seja, analisa os fundamentos.]

Então é um apelo sistemático, só que esse apelo foi perdendo conteúdo ao longo do tempo, pois esse apelo era direcionado a todos os brasileiros, até que teve um rol de brasileiros que começaram a perceber isso que eu acabei de dizer, que eles estavam, na verdade, perdendo poder de compra, então essas pessoas começaram a ter outra visão. Assim, a poupança vem perdendo consistentemente recursos.

E o que o governo fez? Ele já não consegue mais convencer o indivíduo que aplicar na poupança é uma aplicação qualitativa, então qual a estratégia do governo? O governo coloca uns bonequinhos para falar com as crianças e com a molecada que se o pai delas aplicar na poupança elas irão ganhar um boneco.”

[Vale ressaltar que esta é a estratégia do Luiz Barsi nos seus mais de 50 anos como investidor. E a ponderação que ele faz é em, relação à carteira previdenciária, para o longo prazo, e não sobre reserva de emergência ou reserva para algum compromisso no curto prazo.]

Confira esta fala do Luiz Barsi neste vídeo, a partir dos 43’18”.

QUER REPLICAR A “ESTRATÉGIA DOS DIVIDENDOS” NO JAPÃO?

Inscreva-se no Curso Investindo em Fundos Imobiliários – J-REITs – na Bolsa de Tokyo

Os Fundos Imobiliários (J-REITs) são os melhores ativos pagadores de dividendos da Bolsa japonesa!

Marcelo

Marcelo

Fundador do site e página Investidor no Japão e criador do Curso Investindo em J-REITs & ETFs - sobre Fundos Imobiliários no Japão, com mais de 600 alunos; formado em Pedagogia, com Educação Continuada em Contabilidade Financeira e Análise de Viabilidade de Projetos, pela FGV; pós-graduando no MBA em Investimentos e Private Banking, pela Ibmec; Investidor nos mercados de capitais brasileiro e japonês, com experiência em análise de Demonstrações Contábeis de empresas listadas em bolsa de valores, valuation e questões tributárias.
Marcelo

Marcelo

Fundador do site e página Investidor no Japão e criador do Curso Investindo em J-REITs & ETFs - sobre Fundos Imobiliários no Japão, com mais de 600 alunos; formado em Pedagogia, com Educação Continuada em Contabilidade Financeira e Análise de Viabilidade de Projetos, pela FGV; pós-graduando no MBA em Investimentos e Private Banking, pela Ibmec; Investidor nos mercados de capitais brasileiro e japonês, com experiência em análise de Demonstrações Contábeis de empresas listadas em bolsa de valores, valuation e questões tributárias.

Deixe Seu Comentário

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Procedimentos
para a Consultoria

  • Previamente peço os 4 principais temas a serem abordados na consultoria, para melhor atendimento e otimização do tempo.
  • Em posse das informações para análise, nós agendaremos a consulta para o melhor dia e horário de acordo com a disponibilidade de ambas as partes.
  • A consulta será feita via plataforma Zoom, com câmeras abertas.

60 min de Consultoria: ¥10.000

Ao concluir este formulário, vamos avaliar sua inscrição e responderemos pelo WhatsApp.

Calculadora de Financiamento

Simulador de financiamento

Saiba quanto será a prestação a ser paga mensalmente nesta calculadora de financiamento